Que tal ser diferente sempre?
Alugue vestidos e acessórios

Same No More
  • Home
  • /
  • Lifestyle
  • /
  • Dia Internacional da Mulher: entenda a história e importância da data

Dia Internacional da Mulher: entenda a história e importância da data

Não é de hoje que o “sexo frágil” vem mostrando que frágil mesmo nunca foi. Se por muito tempo, vozes femininas foram vetadas, diversos movimentos surgiram para encorajar e empoderar mulheres. Também com a luta diária pela “desconstrução” de ideias ultrapassadas sobre o papel da mulher na sociedade. Então, confira neste post especial qual a história por trás da data e a importância de se comemorar o Dia Internacional da Mulher.  😉

História e importância do Dia Internacional da Mulher

Mais de quarenta anos se passaram desde que o dia 8 de Março foi oficializado como o Dia Internacional da Mulher pela Organização das Nações Unidas (ONU). Embora, comumente lembrado pelo comércio como a época ideal para homenagear as mulheres com flores, presentes e mensagens. (O que não deixam de ser atos bonitos para fazer sempre.)  A data em si foi criada para celebrar as lutas femininas pela igualdade social, econômica e política ocorridas ao longo dos anos.

“Recusar à mulher a igualdade de direitos em virtude do sexo é denegar justiça a metade da população.” 

Frase de Bertha Lutz, (1894-1976), feminista e educadora, uma das pioneiras na luta pela igualdade de direitos entre homens e mulheres no Brasil.

Mulheres unidas, jamais serão vencidas!

Dia Internacional da Mulher

Mulheres marcham no Dia Internacional da Mulher.

Bem antes de ser oficial, vários relatos remetem a história da criação do Dia Internacional da Mulher. O fato é, segundo historiadores, no século XIX houve diversas transformações, como a migração do campo para a cidade. Isso ocasionou no aumento de mulheres no mercado de trabalho, o que antes era restrito aos homens. Nesse contexto, surgiu, então, uma série de movimentos femininos e operários em prol de melhores condições de trabalho. Além de lutarem contra a situação de inferioridade e exploração feminina.

Mais tarde em 1910, raízes do que hoje é o “feminismo” levaram militantes em massa às ruas de diversos países. O que mobilizou mais de um milhão de pessoas na época. Mulheres com várias reivindicações dentre elas a permissão para ocupar cargos públicos e o direito ao voto. Sendo que a conquista do voto só ao Brasil em 1932, mas sua obrigatoriedade veio somente em 1946.

Sobretudo, viu-se a importância de se estabelecer uma data comemorativa para relembrar as árduas lutas femininas e reconhecer suas conquistas. Porém, não há um motivo específico para a escolha do dia 8 de março.

Nem tudo são flores no Dia Internacional da Mulher

Por décadas, mulheres do mundo todo lutam pelo seu espaço. Mas ainda enfrentam dificuldades e existem diversas barreiras a serem superadas. Ainda mais com a terrível sensação de retrocesso ao nos depararmos com uma sociedade-palco de tantas atrocidades cometidas contra mulheres. E o pior, onde se culpam vítimas!

Infelizmente, dados assustadores como o Brasil ser considerado o 5º país mais violento para mulheres no mundo, tendo a cada onze minutos um estupro consumado; treze mulheres assassinadas por dia; são estampados na mídia todos os dias.  Sendo assim, a luta feminina continua sem prazo para o fim. E quanto mais mulheres unidas, mais fortes seremos!

Same No More e o empoderamento feminino

Como uma empresa que apoia o empoderamento feminino, a Same No More se preocupa com suas clientes. Por isso, faz um atendimento personalizado, auxilia mulheres a encontrarem o vestido perfeito.  Respeitando o estilo e a beleza única de cada uma delas.  Além disso, a Same No More também preza pela participação feminina no mercado de trabalho, sabendo que ainda predomina a presença masculina nas demais empresas. Por isso, possui uma equipe composta em sua maioria mulheres.

Sempre pensando em valorizar a autoestima da mulher, a empresa atua de acordo com os Princípios do Empoderamento das Mulheres desenvolvida pela ONU Mulheres Brasil. E, a SNM, já promoveu diversos eventos, por exemplo, o Dia de Modelo para Mães do Hospital de Clínicas de Curitiba. Também participam de encontros como o  Mulheres que Inspiram 40+ e apoiam projetos sociais como a ONG Humsol no Combate ao Câncer.

Que a mulher seja lembrada todos os dias com atenção, amor e respeito. Dona dos seus direitos, seja livre para ir e vir e ser o que quiser! Só assim para o dia ser feliz.

Deixe uma resposta